sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

O Golpe: Coisas a Esclarecer


          Os protestos do último dia 13 de dezembro foi uma bobagem mal planejada, digna de amadores. As pessoas não querem somente o impeachment. Elas querem todos os políticos atuais fora do poder. Então os inteligentes, não satisfeitos, marcam a próxima manifestação para março de 2016, como se fosse um jogo de futebol ou algo assim, enquanto os canalhas trabalham todos os dias, e terão até março para gozar de férias às nossas custas enquanto os cães de guarda deles, como Adams, Fachin, Janot, trabalham para garantir um março perdido para todos nós.

          Temos o apoio de pessoas importantes, mas nenhum grupo importante está conosco. Os "impichmistas" estão nas mãos dos políticos da oposição. Confiam nos políticos. Excetuando-se Bolsonaro e Feliciano, não deve-se confiar em nenhum outro. Estes dois são tão sinceros quanto os políticos do PSOL ou PCdoB, porém em lados opostos. Fora estes, do "lado de cá" não tem sinceridade. Todos estão dispostos a negarem seus princípios em troca do gordo salário de parlamentar. Eles recebem centenas de milhares de votos para chegarem lá e vão jogar tudo pra cima? Entendam os políticos... eles têm família e um futuro garantido, apesar de terem nenhuma dignidade.

           Tem outro algo que já foi provado: assustar parlamentares e juízes em suas residências causa barulho mas não medo. Eles sabem que são pessoas de bem que estão protestando, que jamais passariam dos limites da lei, e então eles fazem o que querem. Chegam até a se revezaram nos votos, como no caso do Fachin. Quando todo mundo comemorava "o medo" do ministro do STF, eles tomavam uísque e planejavam o dia seguinte, certamente gargalhando do povo.

           E tem solução? Sim, a primeira é menos indolor, porém improvável, seria pelos militares. A segunda, proposta por Olavo de Carvalho, da desobediência civil, é bem mais plausível. Mas dentro desta proposta existem coisas radicais, inclusive protestos que verdadeiramente incomodam. O caso de "esquecer" dois ou três caminhões na entrada de aeroportos, deixar de pagar todas as contas que geram receitas ao governo por dois meses, a adesão do empresariado que pararia de vez, trancar vias de acesso ao aeroporto de Brasília, e principalmente se preparar para apanhar. Se preparem para as prisões, se preparem (o futuro chegará) para os campos de trabalho forçado. Se preparem, pois existe tortura maior do que pagar altos impostos e ficar calado em casa protestando silenciosamente.

           O PT já deu o golpe. E não foi em dezembro de 2015 pelo STF. Foi em 1990, com a criação do Foro de São Paulo. Foi em 2002, com a eleição do Lula. Foi em 1964, quando os militares ocuparam o governo e as esquerdas começaram a acupar escolas, igrejas, assossiações, clubes, creches, condomínios, trios musicais, clube de mães... Já foi dado o golpe quando você chama regime militar de ditadura. Quando você odeia os americanos porquê eles não foram adeptos de programas ambientalistas em Kyoto. Quando você fica com pena das pessoas na África, culpando governos ocidentais pela fome que é causada por ditaduras de governantes africanos exterminando sua própria raça. O golpe já foi dado.



















2 comentários:

  1. Hoje, dia 25, novembro, sexta:



    ===================
    GEDDEL
    ===================


    É baranguice mesmo, construir um prédio com mais de 30 andares, em SÍTIO HISTÓRICO.

    Não combina, destoa. Por isso que se trata de algo Kitsch. Total mau gosto. Inclusive mau gosto político.

    Não é apenas BARANGO... É brega, é cafona, é provinciano, é reles, é ordinário, é KITSCH.

    E um Sr. com esse tipo de gosto, como o Geddel, -- é típico de (seja político ou qualquer um) alguém sem cultura erudita, que acha que está abafando ter um AP caríssimo e bonito, mas em sítio ou local inapropriado, -- no caso um Sítio Histórico com casario de século do Barroco etc. Eis aí o paradoxo:

    PRÉDIO Bonito, caro, mas BARANGO. Ponto final.

    GEDDEL nem sabe e/ou percebe que se trata de CAFONICE.

    E muitos brasileiros também assim "acham". É uma questão de educação mesmo.

    E um político que assim pensa, é o típico peão. Isso certamente teria sim influência em suas atitudes políticas diárias.

    Naturalmente faria exatamente o que fez com o colega culto, o CALERO, que é diplomata e de mente AREJADA, com certeza. Jovem e atual. Não o velho caretaço coronel moderninho (coronel de cidade grande).

    CALERO com certeza não pensa e nem pensava assim. Não é somente uma questão de lei. A Lei é baseada na Estética. Por isso a lei do IPHAN.

    Geddel participou INTENSAMENTE do Governo Lula e em seguida do de Dilma.



    P.S.: Vaquejada é outra CAFONICE, que maltrata os animais.

    Imagina um prédio bonitão de 30 andares em Ouro Preto. É certamente Barango.

    ResponderExcluir
  2. Em 2016...




    DILMA é um produto a ser consumido e comprado (mesmo que sem dinheiro). Um produto tal qual um "Danoninho©", produto esse industrial, com sedutoras fotografias de suculentos morangos externos (naturalmente que não física e materialmente internos!). Pegando na real o consumidor pela imagem mítica e não pela realidade interna.

    «Coração-Valente©» (até Lula sabe! Não sejamos bobos): tal qual a frase mítica do Danoninho© que "vale por um bifinho", também a pupila de Lula utiliza-se de um simulacro mítico que não reflete o "interior do pote"; a saber: a incapacidade dela de governabilidade, péssima articulação política (Maquiavel), horroroso projeto econômico de fiasco a pino, e ineficácia republicana, fraude. ¿O que adianta, então, afinal, o mito publicitário engana-trouxa de «Coração-Valente©»? Adianta nada!

    E, complexando um pouco [não precisava...; mas vai aí], que discursa assim: «(...) não acho que quem ganhar ou quem perder, nem quem ganhar nem perder, vai ganhar ou perder. Vai todo mundo perder.». Esse é o ver-da-dei-ro Coração-Valente© dos anos 60... Ponto final.

    Eis aí a utilização de clichês publicitários míticos para pegar o eleitor pelas VÍSCERAS: acertados, mas, verdadeiramente, engana-trouxa... A minoria escapa da artimanha, da burla e da ilusão petista.

    Verdadeiramente, a VIGARICE & picaretagem é a POPULARIDADE DE MITOS como a MITOLOGIA do «Coração Valente©,»… Um produto a ser vendido e comprado pelo eleitor, devido apenas ao vazio do mito.

    E, também, por outro lado, o problema é a SUAVE & disfarçada truculência do PeTê… Repare:
    É evidente que o Petismo se utiliza de técnicas das mais brilhantes de publicidade; brilhantes, mas embusteiras.

    ¡Jamais 1 Danoninho© vale por um bifinho!

    P.S.:
    ¿Como identificar um petista? Simples! Pela escrita. É singelo e sem enfeites. Veja:

    Amam o FHC (de maneira enrustida), a toda hora estão a falar no velho...

    E, mais singelo, amam o PSDB à distância -- não chegam perto, a longos 13 anos, falam sem parar no partidinho com rigor acadêmico, análise e tudo... São loucos inconscientes para ter como 2ª mulher ou amante o PSDB... Amor enrustido.


    [Obs.:
    Na música brasileira temos a baixa-cultura corroborada pelo PT nesses 13 anos. O atual lixo cultural do Brasil petista. A breguice, cafonice, baranguice e o kitsch do Petismo].

    = FIM =

    ResponderExcluir