terça-feira, 8 de abril de 2014

A omissão da TV brasileira diante do terror contra o povo da Venezuela pelo governo do ditador Nicolas Maduro

A sociedade de direita do Brasil tem de cobrar das redes de TV que façam a cobertura dos acontecimentos na Venezuela, não podemos nos curvar. È importante que os brasleiros saibam o que o aliado de Dilma e Lula tem feito na Venezuela para reprimir os protestos legais.
Ontem a deputada Maria Corina apelou para que o povo brasileiro cobre do governo que tome partido na questão venezuelana, a cada dia mais estudantes são presos e pessoas feridas na repressão aos protestos. A cada dia as redes de TV brasileiras cobrem menos os acontecimentos no país vizinho.
Hoje um caminhão foi incendiado em San Diego pela GNB e mais pessoas foram presas pela guarda de Maduro.
A Deputada Maria Corina emitiu nota declarando que não aceita um diálogo apenas para "estabilizar a ditadura" do presidente Nicolas Maduro, ela insistiu que deve haver "garantias prévias" para avançar à mesa com o governo e entre eles estão: a liberdade de Leopoldo López e estudantes prisioneiros, o retorno dos prefeitos presos por se opor a Maduro.
Ele observou que os estudantes e as forças que impulsionam o protesto devem ser parte da discussão.
Ontem (07/04) o presidente Nicolás Maduro foi denunciado na Corte internacional de Haia por crimes contra a humanidade. Deputados da Argentina, Bolívia e Perú fizeram a denúncia. Segunda o texto entregue houveram assassinatos, torturas e detenções em massa.
Use esse link para cobrar da Globo que cubra os fatos ocorridos na Venezuela. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário