domingo, 2 de março de 2014

Ucrânia encerra espaço aéreo a aviões não civis



As ações de Vladimir Putin estão a ser encaradas por Kiev como uma declaração de guerra.

Depois de mobilizar os soldados na reserva, o governo ucraniano encerrou o espaço aéreo do país a aviões não civis para preservar a integridade territorial.

Muitos países, entre eles Portugal, já expressaram a preocupação com a situação na Crimeia.

Os ucranianos pedem mais:

“Precisamos da ajuda internacional e não apenas de mensagens. Precisamos de medidas concretas” refere um ucraniano.

Uma ucraniana, acrescenta: “Penso que as Nações Unidas, os Estados Unidos e a União Europeia nos deviam ajudar. Se vivêssemos longe da Rússia isto não estaria a acontecer.”

A maratona diplomática, em curso, ainda não deu frutos. O Conselho de Segurança da ONU tem agendada uma nova ronda de discussões. Esta segunda-feira, é a vez dos ministros dos Negócios Estrangeiros dos 28 se reunirem.

 euronews

Nenhum comentário:

Postar um comentário