quarta-feira, 26 de março de 2014

O QUE LULA E O PT TÊM A VER COM A BARBÁRIE QUE VEM SENDO COMETIDA PELA DITADURA COMUNISTA DA VENEZUELA?

Por Aluísio Amorin

Quem pensa que os venezuelanos desistirão da luta contra a ditadura comunista de Nicolás Maduro e seus sequazes, com o apoio de Lula e da Dilma, estão enganados.

A grande mídia e seus jornalista a soldo do Foro de São Paulo, a organização criminosa fundada por Lula e Fidel Castro em 1990, podem continuar escamoteando a informação verdadeira, mas não escaparão do inescapável: os fatos vêm à tona de alguma maneira ou de outra, nem que seja através de sinais de fumaça. Os fatos têm vida própria e autônoma.

O blog acaba de receber informações de vários pontos da Venezuela dando conta de que os protestos continuam sem parar 24 horas, apesar da brutal repressão dos bate-paus de Nicolás Maduro sob a orientação dos assassinos que Fidel e Raúl Castro enviou de Havana para tentar evitar o inevitável, o seja, a queda do regime comunista chavista.

Em 40 dias de manifestações ininterruptas, 35 pessoas já morreram assassinadas pelos pistoleiros da ditadura comunista de Maduro. É quase uma pessoa por dia que tomba por exercer o direito de dizer não a uma das ditaduras mais cruéis que se tem notícia na atualidade. É a ditadura que Lula qualifica de "democrática". Inclusive, Lula enviou se estafeta Rui Falcão à Venezuela para levar in loco o apoio do PT.

Quando o "Barba" sente o cheiro de carne queimada, manda um de seus sequazes fazer o serviço sujo, e ninguém melhor que Rui Falcão para se lambuzar com o sangue derramado por 35 mortos e outros tantos que sangram sob as torturas que lhes são infligidas pelos amigos de Lula, aliás "Barba", nos porões da ditadura chavista.

O site La Patilla revela que a polícia de Maduro dispara contra os manifestantes saraivadas de pregos, parafusos e porcas. E quando os alcança tortura-os no mesmo instante e os obrigam a gritar slogans em favor de tiranete de Miraflores.
DITADURA ANUNCIA CASSAÇÃO DE
MANDATO DA DEPUTADA MARIA CORINA
Nem as "garantias constitucionais"da Constituição Bolivariana escrita pelos esbirros do finado caudilho Hugo Chávez, valem mais. Nesta segunda-feira o deputado de estimação do defunto caudilho, que preside a Assembléia Nacional, o famigerado psicopata Diosdado Cabello, decidiu cassar a imunidade parlamentar da deputada Maria Corina Machado, pelo fato de ter sido convidada pelo Panamá a falar na Assembléia da ONU.

Em tempos passados, foi a Venezuela que cedeu sua cadeira para que Manuel Zelaya, títere de Chávez em Honduras usasse a OEA para obter do plenário a aprovação do golpe de Estado que o dijo cujo preparava em Honduras. Aí, tudo bem, né? Como era de o proveito do Foro de São Paulo e seus comunistas vagabundos aí a reunião da OEA foi aberta ao burlesco brucutu hondurenho.

Para Maria Corina, cassaram-lhe a palavra e ainda expulsaram do recinto os jornalistas que cobriam o evento. Este fato ocorreu com o voto decisivo do governo brasileiro representado por um dos estafetas de Lula no Itamaraty.

É assim que agem os comunistas. Agora, cassaram a imunidade da deputada Maria Corina para processá-la e transformá-la em mais uma prisioneira política do regime que, segundo Lula, aliás "Barba", oferece "democracia até demais".

A democracia é tanta que a Suprema Corte venezuelana está totalmente aparelhada por teleguiados do regime. É bom lembrar que como já afirmei inúmeras vezes aqui neste blog, a mesma coisa do que está ocorrendo na Venezuela, ocorrerá no Brasil, caso a insanidade, o oportunismo e a vagabundagem da maioria dos brasileiros decidir dar mais quatro anos de poder ao PT!
DESINFORMAÇÃO: O PRINCIPAL
ARDIL DOS COMUNISTAS.
Como a grande mídia recorta as informações, retirando o aspecto político e ideológico dos fatos, mais confundindo do que esclarecendo a opinião pública brasileira, muitos indagarão, por que afinal explodiram os protestos populares na Venezuela.

Uma matéria do site do diário El Nacional de Caracas, responde a esta indagação, ao reportar as declarações do deputado Miguel Ángel Rodriguez, que em poucas palavras condensa o desastre da aventura comunista bolivariana na Venezuela:


“Uma inflação que em 2013 esteve acima de 56%, um déficit fiscal de 15 pontos percenturais do PIB, o obsceno endividamente público, a paralisia do aparelho produtivo decorrente de arremetidas políticas que buscaram sempre favorecer a castas de importadores, a crise do sistema de saúde e dos serviços públicos e a alta taxa de criminalidade que por mais de 20 planos de aparente confrontação com os bandidos fechou em cerca de 25.000 assassinatos, mais a insólita ausência de divisas após se conhecer confissões de desfalques ao redor de 25 bilhões de dólares; conformam a bomba relógio de cuja explosão querem culpar os manifestantes e seus líderes democráticos".

Qualquer semelhança com o Brasil nesta alturas dos acontecimentos não é mera coincidência, justamente quando chega ao conhecimento público a bombástica revelação sobre as negociatas da Petrobras. Isso é apenas com relação à petroleira estatal. Como toda a administração pública direta e indireta está completamente aparelhada pelos comandados do "Barba", já passou a hora dos brasileiros colocarem suas barbas de molho.

LULA, ALIÁS "BARBA" O  CHEFE SUPREMO DA CANALHICE.
Alguns leitores poderiam indagar por que insisto em dar informações e formular análises sobre a crise da Venezuela? Muito simples. A Venezuela é a cabeça da serpente comunista que se enrosca na América Latina. Por que? Ora, porque detém a maior reserva de petróleo do planeta. É a Venezuela que sustenta Cuba enviando de graça semanalmente um petroleiro que abastece a Ilha de Fidel Castro. Além disso, as demais republiquetas latino-americanas vivem também à custa do petróleo produzido pela Venezuela.
E não é apenas petróleo. Também dinheiro vivo dos cofres venezuelanos sustentam as campanhas eleitorais dos candidatos do Foro de São Paulo.
Concluindo: como já afirmei em outros artigos, a derrocada da ditadura chavista significará a libertação da América Latina do comunismo, esfarelando o Foro de São Paulo. Os reflexos desse acontecimento terão impacto para além da América Latina.
Por isso, a luta encarniçada que se trava na Venezuela. Os comunistas ficaram tão enlouquecidos que perderam completamente as estribeiras e estão matando, perseguindo, torturando jovens, estudantes, mulheres, idosos e todos aqueles que clamam por liberdade em todos os rincões da Venezuela.
Esta é a verdade. A verdade que a grande mídia brasileira em esmagadora maioria, sonega ao público brasileiro.
Quem faz esse serviço nefasto e criminoso são os jornalistas brasileiros, porquanto em sua totalidade são todos comunistas vagabundos, mentirosos, vermes à soldo do Foro de São Paulo e, por via de consequencia, do governo do PT.
O Chefe supremo dessa imundice é Lula, aliás, o "Barba", paparicado pelos banqueiros do grupo Merrill Lynch, em recente almoço grã-fino em São Paulo, quando manifestou sua condescendência em relação aos assassinatos e torturas que seu amiguinho Nicolás Maduro vem praticando na Venezuela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário