segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

EUA: parecida com polio, doença misteriosa paralisa crianças

Assim como a paralisia infantil, sintomas são falta de movimento dos membros e dificuldades respiratórias; médicos ainda não sabem a causa




Sintomas são a perda dos movimentos de pernas e braços e dificuldades de respirar

Uma misteriosa síndrome parecida com a poliomelite - também conhecida como paralisia infantil - afetou ao menos 25 crianças na Califórnia, nos Estados Unidos, deixando-as com membros paralisados e com pequenas chances de recuperação. As informações são do site USA Today.

"O que estamos vendo agora é ruim. No cenário dos melhores casos houve a perda completa dos movimentos de um membro e, nas piores situações, braços e pernas não se mexem mais, além de apresentarem insuficiência respiratória. É como a antiga polio", explica Keith Van Haren, pediatra e neurologista do Hospital Infantil Lucile Packard, na cidade de Palo Alto.

O primeiro caso da doença apareceu em 2012, na cidade de Berkeley. Aos dois anos, Sofia Jarvis começou a sentir chiado no peito e dificuldades de respirar, mas foi diagnosticada com asma. No entanto, a menina apresentou outro sintoma: não conseguia levantar o braço esquerdo.

Ela foi tratada com "um quadro único de sintomas" e recebeu esteróides e imunoglobulina intravenosa como forma de tentar reduzir a infecção e aumentar as taxas das celúlas de defesa para proteger o corpo contra bactérias e vírus. Nada disso teve sucesso. Atualmente, aos quatro anos, Sofia tem o braço esquerdo totalmente paralisado, sente muita fraqueza na perna do mesmo lado, além das dificuldades respiratórias. No entanto, a menina leva uma vida normal e vai começar a frequentar a escola em breve.

Apesar de os médicos ainda não terem um diagnóstico do caso de Sofia, nem das outras crianças, afirmam que não é uma questão de pânico: "é algo realmente muito raro", explica o especialista. Segundo ele, os pais devem ficar muito atentos a possíveis fraquezas que os filhos sintam e levá-los imediatamente ao médico, além de avisar ao sistema de saúde pública da Califórnia. O governo ainda não registrou casos fora do estado.

A doença
Os especialistas temem que uma nova doença tenha surgido e tentam levantar dados das crianças, além de estudar a região da Baia de São Francisco, local onde a maioria dos casos surgiu.

Os médicos afirmam que estas crianças não têm poliomelite, mas que os sintomas são muito parecidos com esta doença que aterrorizou o país a partir de 1890. A polio é uma doença altamente contagiosa causada por um vírus que invade o sistema nervoso e, um em cada 200 casos, causa paralisia irreversível, segundo a Organização Mundial de Saúde.

Uma das características parecidas desta doença ainda não identificada é que as crianças não podem mover os membros, o que faz com que os músculos atrofiem e braços e pernas encolham. "A causa ainda é desconhecida, mas alguns exames de laboratório mostram inflamação na espinha, o que sugere um processo viral", explica Glaser. Os especialistas suspeitam que o responsável por essa inflamação seja um enterovírus, que também inclui o polio, mas ainda outros tipos comuns em bebês e crianças.

Os médicos desconfiam que a doença possa existir há algum tempo, mas que pode estar sendo diagnosticada como poliomelite em vários lugares do mundo, por isso os médicos devem ficar atentos aos sintomas. Além disso, eles alertam que médicos jovens não costumam lidar com paralisia infantil, por isso o diagnóstico fica ainda mais difícil e a doença pode estar sendo mascarada.

Fonte: http://saude.terra.com.br/doencas-e-trat...aRCRD.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário